TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A CERTIFICAÇÃO SEIS SIGMA

Em tempos de crise, é comumente o corte de gastos por empreendedores sendo que, em sua maioria das vezes, tal redução de custos ocorre por meio de demissão em massa de pessoal e/ou contensões de despesas.

Ocorre que, o segredo para uma boa gestão e, consequentemente, um bom resultado financeiro, requer outras iniciativas que não se limitam somente a corte de gastos, pelo contrário. É necessário aplicação e investimento no negócio, o que gerará um excelente resultado: diminuição de erros, produtos melhores e, consequentemente, mais clientes e mais lucro.

Um dos principais métodos adotados pelas maiores e melhores empresas para alcançar tal qualidade é o chamado Sistema Seis Sigmas, que promete reduzir os custos e ainda aumentar o lucro.

DMAIC - Metodologia Seis Sigma Aplicada

O QUE É O SISTEMA SEIS SIGMAS?

O Sistema Seis Sigmas ou Metodologia Seis Sigmas vem do inglês “Six Sigmas” e é, em síntese, um método usado para melhorar a qualidade de produção de um processo interno da empresa, identificando e removendo as causas dos defeitos e ainda minimizando as variáveis, criando um padrão de qualidade para a organização. Trata-se de um sistema extremamente disciplinado que tem por objetivo focar no desenvolvimento e entrega de produtos e serviços quase perfeitos ao consumidor final.

A palavra Sigma é, na verdade, a 18ª letra do alfabeto grego, o que corresponde ao “S” do alfabeto ocidental. O símbolo difere de maiúscula (Σ) para minúscula (σ).  Logo, comum encontrar o termo “6 Σ” ou “6 σ” para referir-se ao sistema aqui apresentado. É um símbolo usado em estatística, como medida de variação e, aplicando-se no ramo empresarial, define a média que um determinado processo, de uma determinada empresa, funcione livre de falhas. Ou, reduzi-las de forma significante.

Cumpre ressaltar que o Sistema Seis Sigmas pode ser aplicado tanto para empresas de produtos quanto para empresas de serviços. O que será analisado pelo método são os procedimentos usados até chegar à matéria prima final, sendo inclusive esta submetida à análise.

 

COMO SURGIU O SEIS SIGMA?

O sistema Seis Sigmas foi criado na década de 80, pelos engenheiros da Motorola,
Bill Smith e Bob Galvin. Ambos desenvolveram um processo de melhoria da qualidade, cuja principal finalidade era melhorar a qualidade de modo que o número de defeitos se tornasse tão poucos que seriam estatisticamente insignificantes. O princípio norteador do Seis Sigmas, segundo a Motorola, é “que a liderança influencia diretamente a qualidade dos produtos”.

Após, a metodologia foi aplicada pelo então CEO da GE, o senhor Jack Welch. Os investimentos realizados pela GE para a implementação do Seis Signas foi de, aproximadamente 450 milhões de dólares em cursos e capacitações para os profissionais. No mesmo ano em que investiu, o CEO obteve um aumento de lucro para 1,2 bilhão de dólares.

 

“Seis Sigma é um programa de qualidade que, quando tudo é dito e feito, melhora a experiência do seu cliente, reduz seus custos e constrói melhores líderes.” Jack Welch, ex-CEO da GE

Certificação Seis Sigma: A chave para o sucesso

QUAL A FINALIDADE DO SEIS SIGMAS?

O objetivo fundamental da metodologia Seis Sigmas é buscar novas ideias que gerem melhoria para diferentes propósitos do negócio, melhorias essas que são usadas para eliminar desperdícios e variações em uma instituição de negócios e, consequentemente, gerar economia e aumentar os lucros.

Dectar os problemas que afetam e prejudicam o correto funcionamento de uma instituição pode ser difícil. São diversos fatores que influenciam nos resultados e o 6 Sigmas consegue de maneira eficiente detectá-los e corrigi-los. Para isso, são usadas duas submetodologias, o DMAIC (é focado na melhoria de processos já existentes no negócio) e DMADV (cria novos projetos, métodos para garantir o funcionamento da empresa).

Através das análises, o sistema cria “níveis” para as empresas que o implementam, podendo ser Sigma Nível 1, onde os defeitos a cada milhão de oportunidades chegam a 500.000 (50% do rendimento da empresa tem problemas) e Sigma Nível 6, onde os defeitos a cada milhão de oportunidades é reduzido para 3.4, gerando um aproveitamento de 99.9997% para a instituição.

E COMO FAÇO PARA IMPLEMENTÁ-LO?

É aqui que entra a Certificação. Para um gratificante resultado quando da implementação do Sistema Seis Sigmas é necessário um time de profissionais qualificados para implementar corretamente os métodos de análise. Para tal, é necessário que um time de membros da instituição sejam capacitados para implementar os procedimentos e atingir as metas e padrões desejados. Os certificados necessários para execução dos procedimentos 6 Sigmas são os seguintes:

  1. Six Sigma Green Belts: Profissionais responsáveis pela apresentação dos conceitos básicos da metodologia Seis Sigmas aos demais participantes, bem como as ferramentas básicas necessárias para implementação dos projetos. São responsáveis pelo primeiro contato com o Sistema Seis Sigmas.
  2. Six Sigma Black Belts: A formação dos profissionais Black Belts é mais extensa, tendo em vista que este são os responsáveis por completar as metodologias implementadas (DMAIC ou DMADV). São os condutores de um projeto Seis Sigmas.
  3. Six Sigma Master Black Belts (MBB): Responsável pela supervisão dos procedimentos implementados pelos profissionais anteriores. São os mais experientes e eficazes profissionais de implementação do Sistema Seis Sigmas nas empresas, é quem desenvolve os métodos e dá as direções estratégicas.

Além deles, há ainda os Yellow Belts (participam do projeto como um membro do time, revisando os processos implementados e apoiando o projeto) e os White Belts (profissional que entende os conceitos básicos do Sistema Seis Sigmas, mas não necessariamente faz parte do projeto, apenas resolvem problemas decorrentes do projeto geral).

COMO POSSO OBTER UM CERTIFICADO SEIS SIGMA?

Fácil: Realizando um curso capacitório. Alguns empregadores, cientes do enorme retorno após a implementação do Sistema 6 Sigmas (a exemplo os casos ocorridos com a Motorola e a GE), podem escolher funcionários e capacitá-los para que possam implementar o sistema em voga na instituição. Porém, há também a possibilidade de ingressar por conta própria, adquirindo o Certificado Seis Sigmas e apresentando o Sistema 6 Sigmas às empresas.

Trata-se de um investimento na carreira, tendo em vista que a referida metodologia vem sendo cada vez mais difundida e implementada nas empresas do país. Conforme já dito, em tempos de crise os empregadores estão procurando todos os meios legalmente possíveis para redução de custos, contensões de despesas e aumento de lucros. Em suma, buscam uma salvação para a atividade empresarial. Tudo isso, pode ser oferecido por um profissional que possui Certificado Seis Sigmas.

O que está esperando? Comece já o Curso de Black Belt e obtenha o seu Certificado agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *